moral da guerra


Crianças são incentivadas a escrever mensagens nas granadas que irão matar outras crianças. As que escrevem são israelitas: cristãs, civilizadas, pró-americanas... As que morrem são libanesas...

Albert Einstein que viveu as duas guerras mundiais, terá alguma razão quando diz:
«Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta»

  • filme das guerras

  • A FABRICAÇÃO DO MEDO

    A fabricação do medo, para criar estados de espírito colectivos que justifiquem medidas repressivas, parece ter-se tornado um sistema. Agora é o Reino Unido do sr. Blair que anuncia nebulosas "ameaças terroristas" contra aviões, tentando gerar pânico. O que estarão eles a preparar?
    Nos EUA, o 11 de Setembro de 2001 serviu para fazer aprovar a toque de caixa a "Patriot Law" que estava redigida há muito e implicou uma profunda alteração no regime estadunidense. Direitos, liberdades e garantias desfrutadas pelos cidadãos americanos foram pura e simplesmente eliminadas.
    Não embarcar nas histerias colectivas promovidas na primeira página do Público e nos medias ditos "de referência" é um dever de lucidez. Não se deve esquecer que o governo do sr. Blair não merece credibilidade; que a sua polícia assassinou a sangue frio um emigrante brasileiro no ano passado; que eles pretendem deliberadamente criar um clima anti-árabe no momento em que cometem barbaridades atrozes contra os povos libanês e palestino; que a Al Qaeda é uma criação da CIA americana e é activada quando muito bem lhes apetece. (www. resistir.info)

    IRAQUE

    Almost 2,000 bodies were taken to Baghdad's morgue in July, the highest tally in five months of rising sectarian bloodshed which has forced the United States to boost troop levels in the capital to head off a civil war.


    Morgue assistant manager Doctor Abdul Razzaq al-Obaidi said on Wednesday that about 90 percent had died violently.

    "Most of the cases have gunshot wounds to the head. Some of them were strangled and others were beaten to death with clubs," he told Reuters

    (Em: http://www.turkishdailynews.com.tr/article.php?enewsid=51165)

    3 Comments:

    Anonymous Nan said...

    também morrem israelitas...mas se os números valem para alguma coisa, e tendo andado, há décadas, a apregoar o holocausto e seus milhares de mortos, deviam os israelitas ter, agora, vergonha pela inversão dos papéis. Agora e já há muitos anos...

    10 agosto, 2006  
    Blogger Alexandre Dias Pinto said...

    Isto é mesmo assim como diz? Não pode ser. É mau de mais!!!

    10 agosto, 2006  
    Blogger esquise said...

    !!! :(((

    14 agosto, 2006  

    Enviar um comentário

    Links to this post:

    Criar uma hiperligação

    << Home