a cor do livro


«China pede aos Estados Unidos que evitem medidas proteccionistas 01.10.2006 - Lusa»


«O ministério chinês do Comércio pediu aos Estados Unidos que evitem tomar medidas proteccionistas no comércio bilateral, que "ameacem as relações" entre os dois países.
"O proteccionismo só conseguirá prejudicar as relações económicas e violar as regras da Organização Mundial de Comércio [OMC]", afirmou hoje o porta-voz do Comércio chinês, Chong Quan, citado pela agência Xinhua».


Quem diria! Nenhuma tragédia, esta inversão de estratégias; apenas o reconhecimento de que os mesmos valores exigem estratégias diferentes em contextos diferentes. E que a globalização é uma força de expressão!

3 Comments:

Blogger porteña said...

Amigo:las sincronías noticiosas...

Hoy comienza a regir tratado de libre comercio entre Chile y China

El tratado de libre comercio entre Chile y China, primero que rubrica la nación asiática con un país de América, entró en vigor hoy, y Pekín espera que le beneficie en la importación de cobre chileno y otros sectores con gran intercambio bilateral, destacó la agencia oficial Xinhua.
(fuente: www.tercera.cl/)
Cariños (pero cariño made in Chile jeje)

02 outubro, 2006  
Anonymous Nan said...

"Quando a China despertar" - dizia, na capa, um livro.

"Ninguém a há-de calar
E já começa a avisar" - digo eu...

A new Red Book?

(Os chineses arrepiam-me. É, em mim, uma coisa visceral.
Dos americanos está tudo dito e visto.
Salvaguardando-se largas franjas populacionais de ambos os países, claro...)

05 outubro, 2006  
Blogger antónio said...

Acabo de ver um documentário sobre as condições de miséria que levam os chineses à emigração ilegal e que certamente mudaria a forma de pensar e sentir de muita gente nos países de "acolhimento" - países e cemitérios! - se não passasse apenas no canal História, às 6 da madrugada...! Pode ser que repitam durante o dia.

05 outubro, 2006  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home