Páscoa sem ovos



Nesta quadra religiosa não resisto a invocar aqui,
ainda que muito resumido,o famoso Sermão de Santo António na Assembleia da República:

Vós sois o sal da terra – diz Cristo aos pregadores!


O efeito do sal é impedir a corrupção, mas quando a terra se vê tão corrupta como está a nossa, havendo tantos nela que têm ofício de sal, qual será a causa desta corrupção?

Ou é porque o sal não salga ou porque a terra se não deixa salgar, ou os pregadores não pregam a verdadeira doutrina ou os ouvintes a não querem receber, ou os ouvintes querem antes imitar o que eles fazem do que fazer o que eles dizem…

Se o sal perder a substância e a virtude e o pregador faltar à doutrina e ao exemplo, o que se lhe há-de fazer é lançá-lo fora como inútil…

E à terra que se não deixa salgar que se lhe há-de fazer? Como fez Santo António: mudou o pregador de púlpito e de auditório».

Notas finais:

1. Esta referência do Padre António Vieira é muito anterior à saída do Governo, quer de António Guterres quer de Durão Barroso;
2. Como é sabido, Santo António foi pregar aos peixes de quem disse terem duas boas qualidades: ouvir e não falar!
3. António Vieira nasceu em Lisboa em 6 de Fevereiro de 1608 – aquariano e alfacinha, portanto.

Etiquetas: ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home