P’ra pior já basta assim

No Congresso Extraordinário do PSD, que decorreu a 13 e 14 de Março, foi aprovada uma norma estatutária proposta por Santana Lopes e que impõe graves sanções aos militantes que, durante os dois meses anteriores à data de eleições nacionais, critiquem "as directivas" do partido.

Em entrevista à SIC-Notícias, Santana Lopes explicou posteriormente que a nova norma é mais condescendente do que as que vigoravam antes.

Depois de terminmado o congresso e fora deste, os três candidatos à presidência do PSD manifestaram a sua repugnância pela norma aprovada e a sua disposição de promover a respectiva anulação.

Assim, Passos Coelho escreveu ao presidente da mesa do congresso (a propor) que a norma, seja alterada no congresso de Abril que se segue às directas de 26 de Março.

Paulo Rangel fez saber que, caso seja ele o sucessor de Manuela Ferreira Leite, proporá "a revogação imediata" da dita norma.

Aguiar Branco afirmou o seu objectivo de “impedir a entrada em vigor da norma”.

Se este congresso foi feito a “Pensar Portugal”, como era seu lema, bom será que o próximo seja para “Repensar o PSD”...

A gente não pode deixar de lembrar aquela cantiga que diz “P’ra melhor está bem, está bem; p’ra pior já basta assim!”

Post Scriptum:
O que pensará Zita Seabra sobre o assunto?

Etiquetas: , , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home