Porque hoje é domingo (18)

O direito ao descanso

Depois de trabalhar uma semana, até Deus quis parar para descansar, que nem as pernas e os braços e o coração de Deus escapam a esta necessidade elementar.

Desta apetência de Deus pelo descanso que já vem, como se vê, do tempo em que o mundo foi criado, deram nota sem pudor, textos sagrados. Entre eles, o que a Igreja invoca este Domingo que é o 16º do Tempo Comum. Conta S. Marcos (Mc 6,30-34) que «tendo os apóstolos chegado cansados da sua missão, Jesus lhes disse: “Vinde sozinhos para um lugar deserto e descansemos um pouco”.»

Mas nem assim as impiedosas almas que hoje nos governam, reconhecem a importância do repouso para quem trabalha. Prolongam a semana e as horas do dia, rateiam as férias e reduzem salários, obrigando os cidadãos a compensar com segundos empregos, biscates e assaltos - tudo contrário ao descanso das pessoas e à protecção das famílias.

Que Deus lhes perdoe. E que o povo as castigue.

Etiquetas: , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home