Porque hoje é domingo (22)

Há duas versões para esta história: umas vezes se diz que se passou na presença de uma multidão que seguia Jesus, outras vezes se diz que se passou numa reunião restrita dos apóstolos - a Última Ceia. Mas o que se conta é que Jesus terá convertido pão e vinho na sua própria carne e no seu próprio sangue, sem que o pão e o vinho deixassem de parecer aquilo que eram.

Terá havido até muita gente que, não querendo ser tomada por parva, lhe virou as costas e foi retomar o trabalhinho que era de onde vinha o sustento realmente (João 6, 60-69).

Mas, ao contrário do que se julga, esta técnica de nos fazer crer que aquilo que vemos e sabemos não é o que vemos e sabemos, continua a ter os seus actores e o seu público.

Basta ver, entre nós, o descaramento dos governantes e a popularidae do Governo. Com um eleitorado tão dócil, bem pode Relvas continuar a sua perversa missão, que mais tempo Salazar governou Portugal. E que Deus nos perdoe!

Etiquetas: , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home