Ele há ministros bons

Eu sou contra a criação de mais um imposto, agora sobre produtos que contenham sal ou açúcar, como foi ontem semi-anunciado pela Ministra das Finanças.

Antes de mais porque o sal dá gosto à vida e combate a corrupção, como disse Jesus Cristo. Depois porque o aumento dos preços sobre os refrigerantes favorece o consumo do vinho – embora Jesus Cristo também o tivesse em apreço e a Igreja o confirme nas suas celebrações religiosas. Finalmente porque uma “melhoria dos indicadores económicos e sociais” do país justificariam uma redução e não um aumento de impostos.



Além de mim, também um ministro, pelo menos, está contra o aumento dos preços nos produtos açucarados: Pires de Lima. E ninguém vai pensar que haja nisso promiscuidade entre as opções do governante e a sua vida profissional como presidente que foi da Comissão Executiva da Compal, da Nutricafés e de Vice-presidente executivo da Nutrinveste, ou como CEO da Unicer até entrar para o Governo. A verdadeira razão é que, como “eles” costumam dizer, os governantes também não têm gosto em aumentar impostos. Aí está!

Sendo hoje, 17 de Abril, dia do seu aniversário, podia eu lá deixar passar sem um cumprimento. Que jorre o vinho e a cerveja, refrigerantes e água engarrafada, que em tudo isso há impressões digitais do homenageado. Mas apressem-se porque os preços vão subir.

Etiquetas: ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home