Porque hoje é domingo (75)


Será que os cristãos não dão pelo disparate que é esta história das tentações de Jesus, a que se refere o cronista Lucas em cap. 4,1a13?

Transcrevo o texto do Evangelho que se invoca neste domingo, inserindo comentários pelo meio.

«Cheio do Espírito Santo, Jesus retirou-se do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto, onde esteve durante quarenta dias, e era tentado pelo diabo. Não comeu nada durante esses dias e, quando eles terminaram, sentiu fome». Comentário: Dêmos de “graça” que Jesus sentisse fome só ao fim de quarenta dias sem comer nada!...

«Disse-lhe o diabo: “Se és Filho de Deus, diz a esta pedra que se transforme em pão.” Jesus respondeu-lhe: “Está escrito: Nem só de pão vive o homem”». Comentário: Desta não se lembrou o “democrata-cristão” Paulo Portas, quando foi ministro e empobreceu os portugueses. Mas isto é um à-parte. Comentário é que a resposta se desvia do sentido da pergunta: a capacidade de Jesus transformar pedras em pães. Talvez esta falha explique o “milagre da multiplicação dos pães” narrada noutra oportunidade. Mas o melhor vem a seguir.

«Levando-o a um lugar alto, o diabo mostrou-lhe, num instante, todos os reinos do universo e disse-lhe: “Dar-te-hei todo este poderio e a sua glória, porque me foi entregue e dou-o a quem me aprouver. Se te prostrares diante de mim, tudo será teu.” Jesus respondeu-lhe: “Está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele prestarás culto”».

Mas Jesus era levado pelo diabo para onde este queria? Pior: Existe algum “lugar alto” de onde se possam ver “todos os reinos do universo” ??? Claro que não! 

Esta narrativa de Lucas é uma grosseira mentira que a Igreja não desiste de repetir pelos séculos dos séculos, confiando na cegueira dos fanáticos e na estupidez ou na distracção dos seus ouvintes. Logo: além de uma mentira é um insulto.

Etiquetas: , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home