Assim falou Arnaldo de Matos

O nosso Partido (MRPP) tem estado a pagar uma dívida incomensurável, contraída pelo grupelho antipartido do Bando dos Quatro, sob a direcção bicéfala - mas acéfala – do anticomunista primário Garcia Pereira (à esquerda) e do ignorante Conceição Franco.

MARCELO

Marcelo, o penduricalho dos afectos ensebados, não apareceu no funeral dos rapazes (dos Comandos) nem se deslocou aos enterros para consolar as famílias,ele que passa a vida a beijocar este mundo e o outro…

Todos fugiram com o rabo à seringa, todos sacudiram a água do capote, todos se escapuliram à sua responsabilidade nos trágicos acontecimentos. Ora, quem matou os jovens comandos?

CORRUPÇÃO

Três secretários de Estado do governo de António Costa (…)se deixaram comprar pela Galp para verem gratuitamente jogos da selecção portuguesa de futebol em França, no último campeonato da Europa.

Qualquer destes três vendidos e comprados trabalha para a Galp e demais empresas monopolistas no governo. Não há aliás nenhum governo capitalista burguês que não seja um governo de corruptos, gatunos e ladrões.

CONSTÂNCIO

Constâncio que é responsável pelo começo do descalabro total do sistema financeiro nacional…

GATUNOS

Não se esqueçam de comprados e vendidos como Vítor Gaspar, ministro das finanças de um governo de gatunos dirigido por Passos Coelho e Portas, e hoje no Fundo Monetário Internacional, onde ainda receberam grandes tachos dos monopólios Álvaro Santos Silva, na OCDE, António Mexia e Catroga, nos monopólios da electricidade adquiridos pela China, e de Maria Luís Albuquerque, ao serviço do sistema bancário britânico. E sobretudo não esqueçam gatunos como Durão Barroso, que começou o treino a assaltar e a roubar mobília na Faculdade de Direito de Lisboa e agora está no Goldman Sachs, a assaltar bancos na União Europeia, o tal que foi durante oito anos presidente da respectiva Comissão. 


PCP E BLOCO

E sobretudo não se esqueçam: o partido social-fascista de Jerónimo de Sousa apoia, apoiou e apoia… um governo que já soma três declarados corruptos no activo.

Não é de admirar: pois foi um ex-ministro do PCP de Jerónimo, um tal Pina de Moura, quem privatizou a Galp, para a qual depois entrou como administrador, a ganhar 12 vezes mais do que ganhava como ministro das finanças vendedor…


A ideologia de Catarina e do seu Bloco é uma ideologia fascista ao retardador…

Ah, mas então digam-me lá: isto não é tudo um putedo?!


(Textos de Arnaldo de Matos no seu “Luta Popular” de Agosto de 2016)

Putedo é também, digo eu, Arnaldo de Matos insinuar que Pina Moura foi ministro do PCP, quando a verdade é que foi ministro do PS depois de ter saído do PCP!

Etiquetas: , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home