19/09/2006

mãos ao ar


«Todos os que não estão toldados pela hóstia ou em estado cataléptico com incenso e orações, sabem que os livros sagrados são manuais de ódio ao serviço das rivalidades étnicas e velhas convulsões tribais, guardados e aproveitados pela clericanalha para uma vida de fausto e ociosidade.

Não há fanatismo maior nem violência mais truculenta do que a que brota dos livros sagrados e dos santos doutores que os interpretam e promovem como bons.»

Recortado de :http://www.ateismo.net
Agora já percebem porque é que o meu blogue se chama
«CUIDADO: CONTÉM PALAVRAS» ?
É que a irmã Lúcia já me tinha avisado que isto ia acontecer...

5 comentários:

porteña disse...

Que Dios nos salve de los que creen en él !!!!!
Cariños para ti

a retratada disse...

Pois é, o homem tem sempre que alterar tudo.
Acreditar num Deus, não é seguir estas doutrinas de hoje completamente modificadas e nada idênticas ás "originais", é algo que se sente, não algo a que nos obrigam a submeter!
Beijo

José Luis Contreras disse...

Lo dicho ,dicho está,las excusas sobran

Nan disse...

só tem de ter cuidado com as palavras quem não sentir, por pouco que seja, as dores do mundo. não é o teu caso, nem o meu, nem o de muita gente, felizmente.

a excepção, que só confirma a regra, são senhores como her josep ratzinger..

beijinhos

porteña disse...

António: ¿Hasta cuándo vas a tener a Ratzinger castigado con los brazos en alto? jejejeje.
¿Todo bien?
Cariños