disparates orça-mentais

São muitos e muito divertidos os disparates que lemos e ouvimos todos os dias nos jornais, rádio e televisão.
orça, mamífero marinho, carnívoro, muito agressivo.

Já lá vai o tempo em que era preciso saber ler e escrever para ser jornalista num grande jornal ou numa grande estação de rádio ou televisão. E, afinal, desde que se “perceba a ideia”, que importância tem que se diga “aumentos do leite” em vez de “aumentos do preço do leite”, que se diga “subida da gasolina” em vez de “subida do preço da gasolina”, que se diga “Transferência de fundos da banca assegurada” (banca assegurada é o quê?) em vez de “Assegurada a transferência de fundos da banca”...

O maior inconveniente destes disparates constantes é deixarmos de perceber as piadas do Ricardo Araújo Pereira ou do Herman José, de tal modo se confundem com os textos “sérios” da informação jornalística.

Mas o que eu queria mesmo comentar era esta notícia fresquinha: «Governo quer acabar com Corpo de Deus, 15 de Agosto, 5 de Outubro e 1 de Dezembro».

Acabar com os dias 15 de Agosto, 5 de Outubro e 1 de Dezembro faz com que o ano passe a ter menos três dias o que apressa o envelhecimento da população. Parecendo que não, sempre são menos 240 dias numa vida de 80 anos, o que é muito cruel.

Mas o pior de tudo é acabar com o Corpo de Deus. Pilatos lavou as mãos desse crime com uma espécie de referendo ad-hoc. Passos Coelho quer também lavar as mãos, invocando umas vezes que está mandatado pelo povo, outras vezes que está mandatado pela “troica”. Mas as vítimas invocarão sempre o nome dele.

Etiquetas: , ,

1 Comments:

Blogger O Puma said...

Um dia a história

os julgará

03 dezembro, 2011  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home