Imagine um país ...


onde as eleições são raras e falsas

onde os partidos políticos são proibidos

onde os sindicatos são controlados pelo governo

onde se vai preso por dizer mal dos governantes,
mesmo em privado

onde é proibido discutir política

na rua, no café, em toda a parte

onde são proibidas e reprimidas
tentativas de greve ou de manifestação

onde é proibida a palavra liberdade,
a palavra operariado, a palavra revolução,
a palavra socialismo... - a palavra !

onde cada notícia, cada artigo de jornal,
está sujeito à aprovação prévia
de agentes do governo

onde os livros incómodos
são retirados das livrarias

onde se torturam pessoas por suposta pertença a organizações
de oposição ao regime, necessariamente clandestinas,
– eu disse: torturam!

onde os povos coloniais são escravizados

onde os que defendem a independência das colónias
são considerados terroristas – eu disse: terroristas !

onde o governo manda nas sentenças dos tribunais

onde as organizações nacionais de jovens são inspiradas e fardadas no modelo fascista de Mussolini
("Mocidade Portuguesa")



onde existem organizações políticas brutais, milícias pró-nazis, para perseguir opositores e realizar acções secretas a favor do regime, sob as ordens do governo ("Legião Portuguesa")

onde o silêncio ou a cumplicidade é o preço da sobrevivência

Onde... onde... onde...


É só para dizer que esse país existe - na memória e no mêdo;
é Portugal antes de 25 de Abril de 1974

Etiquetas: , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home