Estes é que gozam

A comissão coordenadora do movimento Pró-Partido do Norte anunciou no Porto, que quer concorrer já nas próximas legislativas, visando a criação de um grupo parlamentar e a eleição de deputados.

E eu pergunto se a ideia de um Partido do Norte é concorrer com o Partido do Sul ou é só gozar c'a gente. E se os interesses do Norte são os interesses de Luís Reis, administrador da Sonae, e de António Mexia, Presidente do Conselho de Administração da EDP... ou os interesses daqueles a quem eles impõem as condições e os salários e ainda os preços da electricidade e dos outros produtos.

Para já, são conhecidos alguns aspectos do seu programa, pela voz de um outro mentor, presidente da Cotec Portgaul. Na sua opinião, "o IRC (imposto sobre os lucros) devia acabar".

Sendo eu do Norte, ainda não decidi aderir ao tal partido mas desde já declaro a minha disponibilidade para fazer parte da administração de uma das suas empresas. Como diz Sérgio Godinho...


Etiquetas: , ,

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Publicou-se no Delito de Opinião, mas o Marques Pinto também merece tê-la aqui, até para lhe animar o blogue que está um pouco tristonho.
Sem nenhuma maldade, que não impede uma ironia própria às causas públicas.


De Joaquim Pinto da Silva a 4 de Junho de 2010 às 10:12
Para o A. Marques Pinto,
com um ramo de maias que não posso enviar por esta via, mas que em época própria lhe terei muito gosto em entregar (porquê maias? porque conjugam simplicidade, beleza e agrura, enfim um microcosmos nortenho).

Tive a oportunidade, enquanto pré-militante do Partido do Norte de receber uma entusiasmante mensagem de apoio a este, vinda de Santa Maria da Feira.
Respondi à Senhora da forma que lerá e que lhe explica porque é que não lhe podemos dar emprego:

Cara Paula,
Nem imagina a alegria que nos dá com a sua adesão voluntária.
Há como que um "poço de petróleo" debaixo da terra portuguesa, sobretudo no Norte, que espera apenas as sondagens para vir ao de cima.
Bravo e obrigado pela adesão incial.
Quando se deu este passo de Partido do Norte, simultâneo a bem dizer em vários locais, sabíamos que haveria receptividade mas nunca como a que estamos a viver. A Paula não sabe, mas escreveu para um e-mail do núcleo de Bruxelas do Partido em formação. Não tem importância nenhuma (vamos passar o seu contacto para o Norte, onde se centraliza tudo) e aliás pode olhar para o nosso blog, http://simregioes.blogspot.com/, mas sobretudo tem de acompanhar e participar no central : http://pelonorte.blogspot.com/ .
Por aqui temos um núcleo duro de 5 pessoas e uns apoiantes em número de 15, mas ainda não fizemos campanha propriamente, foi apenas no círculo pessoal.
No Porto (e não queremos criar mais outro "centralismo", mas evidentemente que ali está o sector mais forte) há dezenas de pessoas congregadas e nomeou-se uma Coordenadora.
Embora tenhamos alguns elementos provindos de um ou outro partido, temos sobretudo gente desiludida com a política e os partidos que quer trabalhar e criar algo de novo. Por exemplo, queremos as instituições regionais a rodar pelas várias cidades do norte, queremos deputados regionais a receber ajudas de custo e pouco mais, queremos dedicação e controlo das depesas públicas e nossas, queremos transparência de contas e de procedimentos... isto não é só para o Norte, é um exemplo,isto é uma "revolução" em termos de atitude política.
Mas bom, não posso dizer-lhe tudo em pouco tempo e, aliás, estamos a criar e não a ocupar espaço existente por isso as deficiências de organização, as incongruências, as dificuldades em organizar.
Gostaria de publcar no blog central a sua carta, retirando as referências pessoais que não interessam aos outros.
Receba um abraço nortenho e por isso mesmo mais português que nenhum outro.

Joaquim Pinto da Silva

04 junho, 2010  
Blogger O Puma said...

Não se meta nisso

dá azar

04 junho, 2010  
Blogger antónio m p said...

Caro/a Anónimo/a (se assim se pode dizer...)

Eu próprio deixei no Delito de Opinião a minha opinião delituosa que praticamente reproduz o texto do neu post.

Então agora que eu inseri uma cara de palhaço e tudo, vem dizer que o meu blogue é triste?! Fosse eu tão triste quanto António Nobre ou Florbela Espanca...

Obrigado pelas maias que são amarelas mas sobressaem lindamente no verde que as envolve. Afinal, se todos tivessemos os mesmos gostos que seria do amarelo?

Obrigado sou também pela sua atenção.

04 junho, 2010  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home