15/05/2008

Eles comem tudo



«O Banco de Portugal (BdP) não tem dúvidas de que o BCP actuou com dolo e de forma negligente no polémico caso dos créditos concedidos ao filho de Jardim Gonçalves. E condenou, a 12 de Fevereiro, o BCP e quatro entidades por si detidas ao pagamento de uma coima total de 760 mil euros - num total de dez contra-ordenações, três das quais dolosas - por lhe ter omitido informações sobre empresas detidas por Filipe Jardim Gonçalves

... o BCP omitiu várias empresas detidas pelo filho do fundador, a quem concedera créditos. Parte deles, recorde-se, o banco declarou como dívidas incobráveis. Quando o caso se tornou público, Jardim Gonçalves comprou os créditos do filho». (JN 2008-05-15)

Coima total de 760 mil euros ???

Hehehehehehehehehehehehhehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehehhehe
...

Sem comentários: