04/10/2012

A palavra cinismo



Desde que os dirigentes de facto e de direito, do FMI e da União Europeia, começaram a discursar sobre os méritos dos países que cumprem os objectivos deles e sobre a eficácia dos mesmos, a palavra cinismo ganhou uma enorme actualidade. Passos Coelho ou Paulo Portas, Victor Gaspar ou António Borges são apenas as caricaturas daqueles cínicos.

Que tenha sido um discípulo de Sócrates a fundar a corrente filosófica da indiferença ao sofrimento, o Cinismo, não é de estranhar.

A imagem foi copiada em DKWlab

1 comentário:

Anónimo disse...

cinismo(do grego,kynismos):Sistema filosófico dos cínicos; seita, carácter, doutrina dos filósofos cínicos. Qualidade de cínico; desavergonhamento, imprudência, falta de pudor, de pejo; desprezo das regras de decência, desvergonha, descaramento; dissolução, depravação de costumes. Tocata antiga, geralmente ao som de flauta, que animava bailes silenciosos. Tédio, enfado, aborrecimento; monotonia ambiente, clima hostil.
PAULA REIS