Desabafo político

Já cansa esta enxurrada de lixo politiqueiro, esta falsa intifada com pedradas verbais, este pingue-pongue de adormecer. Já ninguém quer saber (ou já se sabe) como é que o PS ou o PSD se apoderam do poder, da riqueza e da Comunicação – sabido o resultado, o jogo não interessa.


Claro que o presidente disto e o daquilo não andam a roubar, não fazem fraudes, não enganam ninguém. Basta-lhes o lugar que têm para ganhar as fortunas que ganham. Para que haveriam de sujar as mãos?

Faz bem Pedro Soares que “aos costumes” diz nada e noutros casos manda perguntar. É evidente que um homem com tantos cargos, tantos pelouros, tantas responsabilidades, não tem tempo para se informar de coisa alguma. Querem saber quem sou? – diria ele. – Perguntem ao meu pai !

Mas o que eu queria perguntar, senhor presidente da república, senhor primeiro-ministro, senhor presidente da assembleia, senhoras e senhores deputados, é se temos a alimentação e a protecção social, o ensino e a educação, a cultura e o desporto, as casas e os transportes de que precisamos...

Não me venham falar mais de esmolas, de percentagens, do futuro tecnológico, de incentivos às empresas e outras maquinações que nos passam sempre ao lado. Falem-nos do aquecimento nas escolas, das esquadras a cair, dos auditórios culturais abandonados, dos desportos esquecidos (os que não dão figos), das taxas de juro que os bancos cobram aos cidadãos para a compra de casa, do direito ao emprego estável e ao tempo livre, da riqueza nacional ao serviço da nação.

Ou calem-se de vez. Se faz favor

Etiquetas: , , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home