Salomão e as presidenciais

A ESQUERDA CORTADA ÀS FATIAS


Vieram ter com ele duas mulheres. Cada uma delas dizia-se mãe da mesma criança e pediam a Salomão que fizesse justiça entregando o recém-nascido à mãe verdadeira.

Salomão mandou que se cortasse o bebé ao meio e se desse metade a cada uma.

Conta a lenda bíblica que o soberano disse isto sem a intenção de que se cumprisse tal monstruosidade, mas sim para avaliar os verdadeiros sentimentos das mulheres – aquela que aceitasse a morte da criança não seria decerto a verdadeira mãe. E assim aconteceu e foi feita justiça.

Dando de barato que isto tenha acontecido e que a intenção de Salomão fosse mesmo a de apurar quem verdadeiramente amava a criança, há pelo menos uma coisa de que estou certo: que Salomão não é do nosso tempo, do nosso país e da nossa esquerda política. Quando os nossos candidatos à esquerda sacrificam os interesses do povo, ao seu orgulho, eles não amam senão o seu umbigo, não são de esquerda e não representam ninguém.

Mais conta a história que todo o povo, ouvindo o julgamento pronunciado pelo rei, encheu-se de respeito por ele...

Etiquetas: , ,

1 Comments:

Blogger Mar Arável said...

Regressa Salomão

estás perdoado

14 abril, 2010  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home