Da salvação à união nacional

Mais grave é ter integrado mesmo a União Nacional, o partido único do fascismo português, como fizeram Francisco Sá Carneiro e Francisco Balsemão, mas apelar à “união nacional” num tempo em que a democracia não está ainda completamente destruída, também é reprovável, muito reprovável.

Não sei se me faço entender…!

Além de que, a seguir a uma "União Nacional" pode sempre surgir uma acção nacional... popular!

NOTA: Acção Nacional Popular (ANP) foi a designação que tomou a UN a partir de Fevereiro de 1970.

Etiquetas:

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home