09/07/2008

sem palavras


Se falo apenas do que há de feio,
é porque o que há de belo
me deixa sem palavras.

Sem comentários: