18/10/2016

Minha proposta para o O. E.

Se a estupidez pagasse imposto, não faltaria ao Estado - a muitos Estados - com que baixar as dívidas e passar de déficit para super-avit. Só continuariam descontentes os porta-vozes não assumidos das confederações patronais - mais do que as próprias, aliás.
Fica a minha sugestão para a discussão do Orçamento do Estado, em curso.

Sem comentários: