15/07/2017

Obviamente pedirão a demissão

O primeiro-ministro português disse (no Debate da Nação) que a Altice teve um mau desempenho na tragédia de Pedrógão Grande e que, por isso, ele próprio decidiu escolher outra operadora para as suas comunicações pessoais.

O presidente da Autoridade Nacional de Protecção Civil é o coronel Joaquim de Sousa Pereira Leitão que, entre outras funções, já foi Director Municipal de Protecção Civil e Socorro, da Câmara Municipal de Lisboa... Atendendo ao seu desempenho na referida tragédia, não seria caso para António Costa escolher outro? Ou temos mesmo que voltar à questão da demissão da ministra da Administração Interna que o nomeou em Outubro de 2016?

António Costa já disse que não demitiria esta ministra nem o ministro da Defesa a quem se atribuem responsabilidades políticas no caso de Tancos. Logo, tudo indica que serão eles a ter que pedir a própria demissão nem que seja lá para Outubro, isto é, depois das eleições autárquicas. 

1 comentário:

antónio m p disse...

No dia 16/7 é notícia um enorme incêndio em Alijó e, à semelhança do que se passou em Pedrógão Grande, o SIRESP continuou a falhar. Afinal o problema não era das "milhares de comunicações num minuto" e outros blablás... O que é que falta para que António Costa que foi lesto em mudar de operadora pessoal, mude de operadora nacional?