28/06/2008

emigrantes portugueses

«Nos anos 60 houve muita emigração de portugueses. As pessoas não tinham condições de vida e emigravam. (À emigração clandestina, chamava-se "dar o salto" ).

27 de Agosto de 64 : “Prisão na Afurada de 40 indivíduos que pretendiam emigrar clandestinamente e apreensão de um barco". Ordem da Comissão de Censura: "CORTAR; não se pode dar esta notícia".


Quer dizer, os 40 indivíduos da Afurada meteram-se num barquito que era para ir por aí fora, sabe-se lá até onde, não sei que orientações é que eles teriam para governar o barco. O que queriam era sair daqui para trabalhar».

Entretanto...

Entre 2000 e 2006, o número de emigrantes portugueses para os principais destinos europeus aumentou 52,6 por cento , indica um relatório da OCDE. Cinco milhões vivem actualmente fora do país.


2007, 31 Julho:
Portuguesa à beira de ser expulsa dos EUA

Uma jovem portuguesa, que vivia ilegalmente nos Estados Unidos da América há cerca de três anos, recebeu ordem de expulsão depois duma rusga dos serviços de imigração à fábrica onde trabalhava. A jovem, de nome Sónia Alves Soares, emigrou de Alijó, em Trás-os-Montes, para os EUA aos 15 anos, estando na altura grávida de sete meses. A intenção era ir ter com o namorado, que tinha seguido viagem três meses antes, e a família deste. Sem estar informada, deixou passar os noventa dias permitidos por lei para a permanência no país. Entretanto nasceu a sua filha, Tatiana, ficando esta com nacionalidade norte-americana.

Quando Sónia foi informada de que se regressasse a Portugal não poderia voltar a reentrar nos EUA, decidiu ficar com a filha e o marido no país. E, ao fim de algum tempo, arranjou emprego numa fábrica nos arredores de New Bedford, Massachusetts, juntamente com outras dezenas de emigrantes. Até que, em Março último, os serviços de imigração descobriram que mais de metade dos funcionários da fábrica estavam ilegais. Dos cerca de quinhentos trabalhadores, quatro eram portugueses. Três deles foram já deportados. Sónia está obrigada a regressar a Portugal até ao dia 31 de Agosto.

Fonte: http://www.mundoportugues.org/content/1/908/eua-portuguesa-beira-ser-expulsa-escreve-bush/

2008, 24 de Julho - Suiça:
Portuguesa integra Câmara Consultiva dos Imigrados

A Federação das Associações Portuguesas da Suíça nomeou Maria Filomena Rodrigues como membro da nova Câmara Cantonal Con-sultiva dos Imigrados (CCCI), em representação da Comunidade Portuguesa do Cantão de Valdo.

A CCCI - que conta com 23 membros, entre representantes de várias comunidades estrangeiras, dos municípios e de organismos e associações de prevenção contra o racismo e a xenofobia - tem como objectivos trabalhar pela aplicação da Lei Cantonal valdense sobre a prevenção do racismo e a integração dos estrangeiros e estudar os meios necessários para melhorar a sua integração. (mesma fonte)

Sem comentários: