Que eu me engane, América Latina !

Nas eleições que decorreram este domingo, 29/9, nas Honduras, para vários cargos, o resultado mais esperado em relação ao cargo presidencial, não é sobre o candidato mais votado mas sim o grau de afluência às urnas, face ao contexto e às circunstâncias em que decorreram. Um contexto de golpe de estado em que o presidente deposto à força apela à abstenção, e numas circunstâncias de repressão policial e participação da Igreja Católica.

A UE, o Brasil e a Venezuerla já declararam a sua recusa em reconhecer a legitimidade das eleições; os EUA , Canadá, Panamá, Costa Rica y Perú, terão manifestado a intenção de aceitar os resultados.

Falta saber que influência terá na situação, a Cimeira Ibero-Americana que decorre em Lisboa por estes dias. Tendo em conta a ausência de Cuba e Venezuela, a divisão de posições atrás referida e o silêncio esperado de Portugal e Espanha, refugiados na sua condição de membros da União Europeia, o mais provável é que a Cimeira terá tanta influência nesta questão como na estratégia “da Inovação e do Conhecimento”, isto é, nenhuma. Que eu me engane!

Quem aposta forte nesta Cimeira é Uribe, o presidente da Colômbia,que aproveitou a vinda a Portugal para recolher propaganda destinada a uso interno: «En el Santuario de la Virgen de Fátima el Jefe de Estado oró por la paz de Colombia»
Fonte da citação e da foto: http://web.presidencia.gov.co/

Se Chavez fosse a Fátima poderia replicar por sua vez a Nossa Senhora que «... todo o arsenal bélico ianque, contemplado no acordo, responde ao conceito de operações extraterritoriais... torna o território colombiano num gigantesco enclave militar ianque..., a maior ameaça contra a paz e a segurança da região da América do Sul e de toda Nossa América». E que seria uma traição contra a própria Venezuela que o seu presidente não defendesse o país - como explica noutro local.

E se Uribe falasse com Chavez e deixasse a senhora... em paz?

Etiquetas: , , ,

3 Comments:

Blogger intimidades said...

So lhes faltam uns mojitos, um charuto e muita mulher... infelizmente is lideres da america lantina sao ainda um cliche.

Sera que aquele povo perdeu o espirito revolucionario, porque nao se viram contra os lideres... Por onde anda a Mafalda de quino

Jokas

Paula

30 novembro, 2009  
Blogger antónio m p said...

Paula, creio que tem andado distraída em relação ao que se passa na América Latina. Não é por aí...

01 dezembro, 2009  
Blogger jrd said...

O Uribe veio e foi de muleta. Nesse capítulo a Senhora não o ajudou.

01 dezembro, 2009  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home