Há riscos - dizem eles.

Finalmente as artes têm lugar no discurso político.
Vamo-nos habituando a ouvir os governantes dizerem que a política seguida é boa mas "há riscos". E eu penso em Nadir Afonso (em cima) e Vieira da Silva (em baixo).

Etiquetas: , , ,

2 Comments:

Blogger O Puma said...

Que grande injustiça

a sua comparação

30 março, 2012  
Blogger antónio m p said...

Se há comparação, Puma, é por absurdo, claro. Enquanto os pintores fazem dos riscos, arte, o governo faz da (sua) arte, riscos.

30 março, 2012  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home