09/04/2012

Subversões virtuosas

Agora que Victor Gaspar, ministro das nossas finanças, deu em fazer humor nas suas respostas aos deputados, para se libertar da rigidez formal com que inaugurou o seu mandato, ocorre-me lembrar a importância da ironia no confronto político.

Não o faço para apoiar o co-autor da ordem vigente, VG, mas sim para homenagear aqueles que usam a ironia de forma virtuosa contra a lógica autoritária, nomeadamente os artistas, de forma elevada, os subversivos, de forma corajosa, e os bêbados, da forma que adiante se vê.

1 comentário:

Alf disse...

Os bêbados: em alguns casos, também de forma elevada!...