19/04/2013

O presidente
«de todos os portugueses»


Na inauguração da Feira Internacional do Livro de Bogotá, em que Portugal é o país convidado, foram lembrados vários nomes de grandes escritores portugueses no discurso de inauguração do pavilhão português. Cavaco Silva referiu-se a Camões como o maior dos poetas e o chefe de Estado da Colômbia, João Manuel Santos, lembrou Fernando Pessoa.

Notada foi a ausência de qualquer referência, por parte de Cavaco Silva, a José Saramago, o único Nobel na literatura portuguesa.



Cavaco Silva, põe os seus interesses pessoais acima dos interesses de Portugal.

1 comentário:

jrd disse...

Assistir a uma intervenção de Cavaco numa Feira do Livro é o mesmo do que escutar um calhau a declamar poesia.