Diplomatas israelitas continuam em Greve

Enquanto o Primeiro-Ministro israelita, Netanyahu, se vê obrigado a cancelar as suas deslocações pelo mundo, estando ameaçada até a visita do Papa Francisco a Israel, planeada para Maio, a gente por cá nem sabe disso nem sabe porquê nem sabe há quanto tempo. Porque será? Por falta de fontes próximas é que não é.

«Em Israel, face à recusa do Ministério das Finanças em resolver as disputas laborais do Ministério dos Negócios Estrangeiros, os diplomatas Israelitas viram-se forçados a retomar a greve. Pode parecer incomum que o serviço diplomático de um país se envolva numa disputa laboral mas é também pelo nosso profundo compromisso em representar os interesses de Israel no estrangeiro nos muitos desafios que tal envolve, em salvaguardar a posição internacional e a segurança nacional de Israel que nós, os diplomatas Israelitas, insistimos que as nossas exigências, para mais razoáveis, devam ser consideradas.

Etiquetas: ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home